Grupo HVSM - Hospital Veterinário de Santa Marinha

A Importância do Microchip nos Animais de Estimação

A importância do microchip nos animais de estimação

O que é o Microchip?

O microchip é um método de identificação seguro, inviolável e permanente que garante a identificação do animal. É quase do tamanho de um grão de arroz e tem um circuito eletrónico que possui um código exclusivo, o qual não pode ser alterado. Este código leva às informações de contacto do proprietário do animal, garantindo assim uma segurança, caso o seu animal esteja perdido ou tenha sido roubado.

Funciona como o do Bilhete de Identidade de uma pessoa e pode ser lido através de um scanner.

Quando o microchip é aplicado no cão, o respectivo número e a identificação do proprietário do animal (nome, contacto e morada) são enviados para um organismo (SIRA), que reúne e gere esses dados.

Atenção que é muito importante ter as informações sempre atualizadas no caso de mudança de endereço ou telefone. De nada adianta que o seu animal tenha um microchip se os dados necessários vinculados a ele não estejam correctos.

Como é aplicado o Microchip no seu animal?

Assemelha-se a uma injeção e não causa nenhum inconveniente à saúde, sem necessidade de sedação ou anestesia.

O local padronizado para identificação é na região do pescoço, lado esquerdo. Mesmo que haja migração do microchip para outra parte do corpo, o que é relativamente comum, não há nenhum problema para a saúde do animal.

Qual é a melhor idade para aplicar o Microchip?

Idealmente durante a fase de primovacinação.

Desde 2008 que é obrigatório a aplicação de microchip em todos os cães. No entanto, mesmo que o seu animal tenha nascido antes desta data, é igualmente importante que o coloque.

Vantagens da colocação do Microchip

  • Facilidade de identificação do proprietário na circunstância de o cão se encontrar perdido.
  • Identificação inequívoca do cão em caso de roubo.
  • Não necessita de manutenção.
  • Responsabiliza o dono no caso de ele abandonar o cão.
  • Permite a contagem estatística do número de cães no nosso país.

Desvantagens da colocação do Microchip

  • Nenhuma

O Microchip é obrigatório?

  • O Microchip é obrigatório para todos os animais nascidos a partir de 1 de Julho de 2008;
  • Animais perigosos ou potencialmente perigosos (Portaria 421/2004 de 24 de Abril);
  • Animais usados na caça;
  • Animais para fins comerciais ou lucrativos;
  • Animais em estabelecimentos de venda, locais de criação, feiras, concursos, exposições, provas funcionais, publicidade ou similares;
  • Animais que vão viajar no espaço da U.E. e outros (consoante legislação local).

O que devo fazer em caso de furto ou perda do meu animal?

Contate os Hospitais Veterinários ou as clínicas veterinárias da zona e forneça a descrição pormenorizada do animal e número do microchip.

Contacte as bases de dados existentes em Portugal:

SICAFE – 21 343 06 61

SIRA – 21 323 97 63

Para qualquer esclarecimento adicional contacte o seu Médico Veterinário.

Partilhamos consigo um vídeo de sensibilização sobre a importância do Microchip nos animais de estimação. Aconselhamos a sua visualização. Pode fazer toda a diferença…

Já imaginou se o seu animal de estimação desaparecer? Porquê correr o risco?

Em caso de dúvidas, não hesite em nos contactar através do 223 752 375

Share this post
  ,