Grupo HVSM - Hospital Veterinário de Santa Marinha

Natal Solidário 2014 – Escola Portuguesa de Cães-Guia (ABAADV)

Natal Solidário HVSM - Escola Cães-Guia ABAADV

Com o natal à porta, o espírito solidário costuma se revigorar. A data sensibiliza as pessoas criando um cenário que deveria existir durante o ano inteiro.

Com o intuito de ajudar aqueles que mais necessitam, este ano o Grupo HVSM, composto pelo Hospital Veterinário de Santa Marinha e pelo Centro Veterinário de Mira, decidiu apoiar a única Escola Portuguesa de Cães-Guia do país, a ABAADV (Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual).

Campanha Natal Solidário HVSM 2014

Como funciona?

É simples! Como pôde observar no vídeo, esta campanha consiste em doar um euro (1€ por uma boa causa), sendo-lhe entregue uma estrela de natal onde poderá colocar o seu nome, ou o nome do seu animal de estimação, e de seguida, colocar a estrela na nossa árvore. A intenção é encher a árvore de estrelas! E deste modo, ajudar a Escola Portuguesa de Cães-Guia (ABAADV).

Como participar?

Só tem de se deslocar até às nossas instalações. A campanha está em vigor nos CAMV’s (Centros de Atendimento Médico-Veterinários) do Grupo HVSM – Hospital Veterinário de Santa Marinha e Centro Veterinário de Mira.

ABAADV no Estádio Alvalade Cães-GuiaA ABAADV

A ABAADV é uma Instituição Particular de Solidariedade Social, que tem por objectivo promover por todos os meios ao seu alcance, em cooperação com entidades públicas e privadas, o apoio e a integração social, cultural e profissional do deficiente visual e o seu âmbito de acção é nacional.

Criada em 2000 surgiu como consequência de um Projecto Comunitário e tem como principal resposta social a Educação de Cães-guia para Cegos. Desta forma permite a utilização gratuita destes cães às pessoas portadoras de deficiência visual para quem este companheiro representa uma nova liberdade.

A Escola

Situada no centro de Portugal, Mortágua é um pequeno município de características florestais equidistante de Viseu e Coimbra, onde se situa uma das maiores barragens do País – Barragem da Aguieira, que dá origem ao nome da Associação, ABAADV-Associação Beira Aguieira de Apoio ao Deficiente Visual.

 A única em Portugal

Até ao momento a ABAADV é a única instituição do País a formar Cães-guia para cegos. A Escola está implantada num terreno de aproximadamente 4000 m2 e é composta por 3 blocos. Num dos blocos encontra-se a parte administrativa, técnica e residencial, no outro bloco os canis e a clínica e o último bloco, construído recentemente, destina-se á reprodução.

 

Cães-Guia ABAADV Jorge Costa e NinjaOs números

83 Cães-Guia entregues

Até final de 2009 foram atríbuidos 83 cães-guia a 75 cegos. Esta diferença entre o número de cães-guia atribuídos e o número de pessoas contempladas justifica-se porque há cães que se encontram ao serviço de casais (foram treinadas com essa especificidade: tanto guiam um dos cônjuges em separado como os dois simultaneamente) e porque já se começou a substituir os cães que morreram ou deixaram de ter capacidade para ser um Cão-guia.

14 Cães-Guia por ano

O objectivo da Escola é formar 14 duplas cego/Cão-guia por ano. O processo de educação de cada Cão-guia dura aproximadamente dois anos. Para entregar 14 animais por ano, a Escola tem que trabalhar com uma população de cerca de 45 cães, desde cachorros em famílias de acolhimento, adultos em formação específica e reprodutoras.

17.500 euros, é o custo da educação de um Cão-Guia

O Cão-guia é entregue gratuitamente ao utilizador cego, mas tem um custo que resulta das despesas de manutenção da escola, salários dos colaboradores, alimentação, saúde, material, etc.. O custo final de um Cão-guia pronto para entrega é aproximadamente 17.500 euros. Contudo, este valor não corresponde totalmente à realidade, já que não é contabilizado o trabalho indispensável, mas voluntário, das famílias de acolhimento e outros.

65% de subsídios, 35% de auto-financiamento

A ABAADV, através de um acordo de cooperação atípico celebrado com a Segurança Social, recebe um subsídio por cada dupla cego/Cão-guia formada, este montante representa aproximadamente 65% dos custos totais da instituição. O resto do financiamento é conseguido através do apoio da Câmara Municipal de Mortágua, patrocínios e donativos de empresas e particulares, quotas dos associados e através de actividades de angariação de fundos.

600 sócios

Os sócios são muito importantes, pois as quotas contribuem decisivamente para assegurar um dos princípios básicos da filosofia desta instituição, que é a gratuitidade da entrega do Cão-guia ao cego. Faça-se sócio!

Ajude-nos a ajudar!

Share this post
  , , ,


Right Menu Icon